• -10%
  • -10%
DESENFRIOL C 10 ENVELOPES GRANULADOS...

DESENFRIOL C 10 ENVELOPES GRANULADOS EFERVESCENTES

965590
7,52 € 8,35 € -10%
Com IVA

AÇÃO E MECANISMO

- Combinação de um [ANALGÉSICO] [ANTIPIRÉTICO] e um [ANTAGONISTA HISTAMINÉRGICO (H-1)]. O ácido acetilsálico exerce efeitos analgésicos e antipiréticos devido à inibição da síntese de prostaglandina no nível central. A clorofenamina, por outro lado, age como um antagonista histaminérgico e muscarínico, eliminando sintomas frios como espirro, choro ou rinorreia.

AVISOS ESPECIAIS

- Ajustes de dosagem podem ser necessários ao administrar produtos ácido acetilsalílicos em pacientes tratados com anticoagulantes, fenitoína, digoxina ou metotrexato, entre outros.

IDOSO

Pacientes idosos podem ser mais suscetíveis aos efeitos colaterais deste medicamento, por isso é recomendável usá-lo com cautela, e interromper a administração se as reações adversas não forem toleráveis.

CONSELHO PARA O PACIENTE

- Este medicamento deve ser administrado após as refeições.- É aconselhável beber muita água durante o tratamento, evitando o máximo possível a ingestão de bebidas alcoólicas.- Recomenda-se não exceder as doses diárias recomendadas e evitar tratamentos superiores a dez dias sem prescrição opcional.- Se os sintomas continuarem ou piorarem após cinco dias, recomenda-se consultar o médico.- Antes de iniciar o tratamento.- Antes de iniciar o tratamento. , o médico deve ser notificado de qualquer doença sofrida pelo paciente ou qualquer droga que ele esteja tomando.- É aconselhável ir ao médico em caso de sangue aparecendo em fezes ou vômitos, dor de estômago, fraqueza geral, tontura ou percepção de sons como bipes ou hisses.- Pode causar sonolência, por isso é recomendável ter cuidado ao dirigir, e não combiná-lo com drogas ou outras substâncias sedativas como álcool.- Não é aconselhável usar produtos. ácido acetilsalíclico em crianças menores de 16 anos.- É aconselhável interromper o tratamento vários dias antes da cirurgia.

CONTRA-INDICAÇÕES

- Hipersensibilidade a qualquer componente do medicamento, como [ALERGIA SALICILATOS] ou [ALERGIA AINE].- [ULCER PEPTICA], [GASTROINTESTINAL HEMORRAGIA]. A erosão da mucosa gástrica pode ser aumentada.- [ALTERAÇÕES DE COAGULAÇÃO], como [HEMOFILIA], [HIPOPROTROMBINEMIA] ou [DÉFICIT DE VITAMINA K]. A AS aumenta o risco de sangramento de seus efeitos anti-agregação.- [PORFIRIA]. Os anti-histamínicos H1 não consideram seguros em pacientes com porfiria.- Crianças menores de 16 anos com processos febris, gripe ou varicela. Há um risco da síndrome de Reye.

EFEITOS NA CONDUÇÃO

Este medicamento pode afetar substancialmente a capacidade de dirigir e/ou operar máquinas. Os pacientes devem evitar o manuseio de máquinas perigosas, incluindo automóveis, até que estejam razoavelmente certos de que o tratamento medicamentoso não os afeta negativamente.

GRAVIDEZ

Algumas substâncias ativas nesta especialidade são capazes de atravessar a barreira placentária. A segurança e a eficácia deste medicamento em gestantes não foram avaliadas, por isso recomenda-se evitar a administração, a menos que não haja alternativas terapêuticas mais seguras, e desde que os benefícios superem os riscos potenciais.

TRAJETO

- [RESFRIADO COMUM]. Tratamento sintomático dos estados comuns de resfriado e gripe, resfriados, resfriados que amaldiçoam sintomas, como descarga nasal, congestão ocular, desconforto geral, decadência, dor de cabeça e dores musculares.

INTERAÇÕES

- Acetazolamida. Há risco de envenenamento por acetazolamida, por isso recomenda-se evitar a associação.- Ácidos urinários (ácido ascórbico, cloreto de amônio, methionina) ou alcalinos urinários (antiácidos absorvíveis). Eles poderiam diminuir ou aumentar a eliminação do AAS, respectivamente. A AS poderia diminuir severamente a absorção de tiludronato, por isso é recomendado para administração de distância desses medicamentos por pelo menos 2 horas.- Ácido valpróico. Possibilidade de toxicidade valproate. Um reajuste de dosagem pode ser necessário. Aumenta o risco de úlcera péptica e sangramento gástrico. Há um risco aumentado de danos gástricos. Além disso, o álcool poderia aumentar a sedação por cloramina. Recomenda-se evitar o consumo de álcool durante o tratamento.- Algeldrato. O ácido ascórbico pode aumentar a absorção do alumínio. Sugere-se que a distância a administração de ambos os medicamentos.- Antiácidos. Eles podem atrasar e diminuir a absorção de AAS. Os absorventes também podem aumentar sua eliminação. Possível aumento dos efeitos anti-agregados, por isso são recomendadas precauções extremas. - Anticoagulantes orais. Possível potencialização de efeitos anticoagulantes, com risco de sangramento. Recomenda-se evitar a associação e, se não possível, precauções extremas e controle de INR.- Anticholinergics (antiparkinsonianos, antidepressivos tricíclicos, IMAO, neurolépticos). A clorofenamina poderia potencializar efeitos anticolinergic, por isso é recomendado evitar a associação.- Contraceptivos orais. O ácido ascórbico poderia promover o acúmulo de drogas como estradiol estradiol ethinyl.- Antiulcerosos. O aumento do pH gástrico pode aumentar a absorção de AAS, com o risco potencial de envenenamento.- Barbitúricos. AAS poderia aumentar as concentrações de barbiturato, com o consequente risco de envenenamento.- Ciclosporina. NSAIDs podem aumentar a nefrotoxicidade ciclosporina. Recomenda-se avaliar periodicamente a funcionalidade renal, especialmente em idosos.- Corticosteroides. Há um risco aumentado de dano à mucosa gástrica. O ferro pode se acumular em tecidos, por isso doses de vitamina C podem precisar ser reduzidas.- Digoxina. A AS poderia aumentar as concentrações de digoxina, aumentando o risco de envenenamento. Diuréticos. A AS pode reduzir ligeiramente os efeitos dos diuréticos, e a insuficiência renal aguda também pode ser mais comum.- Drogas ototóxias. AAS poderia aumentar a otoxicidade de drogas como aminoglycose, cisplatina, eritromicina, furosemida ou vancomicina, especialmente em altas doses.- Fenitoína. Possíveis efeitos adversos da fenitoína aumentando seus níveis. Recomenda-se monitorar o paciente. Poderia diminuir intensamente a absorção de AAS, por isso é recomendado evitar a associação.- Heparina. Possível potencialização de efeitos anticoagulantes. É aconselhável avaliar o risco em cada paciente e controlar seus parâmetros de coagulação.- IECA. Possível antagonismo de efeitos antihipertensivos. Recomenda-se o monitoramento regular da pressão arterial.- SSRS. Há um risco aumentado de sangramento em geral, e gástrico em particular, por isso é recomendado evitar a associação.- Lítio. A AS pode diminuir o despejo de lítio, aumentando o risco de envenenamento. Um reajuste de dosagem pode ser necessário.- Methotrexato. A AS pode aumentar os efeitos do metotrexato. Precauções extremas são recomendadas, em face do risco de pancytopenia grave.- Nitroglicerina. AAS pode aumentar os níveis de plasma de nitroglicerina.- Pentazocina. Um caso de toxicidade renal reversível da AAS foi relatado ao adicionar pentazocina. Recomenda-se avaliar a funcionalidade renal do paciente.- Sedativos (analgésicos opioides, barbitúricos, benzodiazepínicos, antipsicóticos). A administração conjunta de clorofenamina juntamente com uma droga sedativa poderia aumentar a ação hipnótica.- Uricosurates. A AS antagoniza os efeitos da sondanecida ou sulfinpirazona em baixas doses.- Verapamil. Possível potência dos efeitos antiplaquetas da AAS por verapamil.- Zafirlukast. A AS poderia aumentar os níveis de zafirlukast, com o possível risco de toxicidade.- Alimentos. A administração da AAS após as refeições pode reduzir sua absorção, mas reduz o risco de irritação gástrica.

ENFERMAGEM

Algumas das substâncias ativas neste medicamento são excretadas com leite, por isso recomenda-se interromper o aleitamento materno ou evitar o uso desse medicamento em gestantes.

CRIANÇAS

O uso de AAS em menores de 16 anos com febre associada a infecções virais como gripe ou varicela tem sido associado ao surgimento da síndrome de Reye potencialmente fatal. Recomenda-se, portanto, evitar a administração de produtos ácido acetilsalico em menores de 16 anos.

REGRAS PARA A ADMINISTRAÇÃO ADEQUADA

O conteúdo do envelope deve ser dissolvido em meio copo de água, depois ingerido, de preferência com refeições (especialmente se notar desconforto digestivo).

DOSAGEM

DOSAGEM:- Adultos, oral: 1 on/4-6 horas.- Crianças, oral:* Crianças de 16 anos ou mais: 1 em/4-6 horas.* Crianças menores de 16 anos de idade: A segurança e a eficácia deste medicamento não foram avaliadas.- Deficiência renal, hepática ou cardíaca: considere uma redução da dose. Dose máxima: 7 envelopes/24 horas. Se a dor for mantida por mais de 10 dias, a febre por mais de 3 dias, ou outros sintomas piorarem ou aparecerem, a situação clínica deve ser avaliada.

PRECAUÇÕES

- [INSUFICIÊNCIA RENAL], [INSUFICIÊNCIA HEPÁTICA]. Pode ocorrer o acúmulo das substâncias ativas deste medicamento.- Pacientes com [GLAUCOMA], [HIPERPLASIA PROSTÁTICA] ou [OBSTRUÇÃO VEJIGA URINÁRIA], [ARRITMIA CARDÍACA], [MYASTHENIA GRAVE] ou [OBSTRUÇÃO INTESTINAL]. A clorofenamina pode piorar essas imagens devido aos seus efeitos anticolinergic crônicos.- [ASMA]. Há um risco aumentado de hipersensibilidade e reações de broncoespasmo. Além disso, nesses pacientes, bem como aqueles com [ENFISEMA PULMONAR] ou [DOENÇA PULMONAR OBSTRUTIVA CRONICA], a clorofemina pode piorar a doença devido aos seus efeitos anticolinergic.- [DIABETES]. AAS pode resultar em hipoglicemia em altas doses, por isso é recomendado monitorar periodicamente os níveis de glicose no sangue.- [DÉFICIT DE GLICOSE-6-FOSFATO DEHYDROGENASA]. A AS pode induzir o aparecimento de anemia hemolítica descontrolada.- [HIPERTENSÃO ARTERIAL] ou [INSUFICIÊNCIA CARDÍACA]. A AS pode levar à retenção de líquidos, piorando essas doenças.- [GOTA]. A AAS pode competir com os uratos em sua eliminação, podendo aumentar seus níveis. A cautela é recomendada em pacientes com gota.- [CIRURGIA]. Recomenda-se interromper a administração de produtos de gripe com AAS pelo menos 5-7 dias antes da cirurgia, devido ao risco de sangramento durante a operação.- [EPILEPSIA]. Alguns anti-histamínicos H1 estão han associados ao aparecimento de convulsões.- [ANSIEDADE] e outras tabelas como [HIPERTIROIDISMO] ou arritmias cardíacas, nas quais a administração da cafeína pode piorar os sintomas.- Histórico de [CÁLCULOS RENAIS]. O ácido ascórbico pode promover a formação de pedras nos rins.- [HEMOCROMATOSE]. Vitamina C pode levar a envenenamento por ferro. Evite tratamentos prolongados.- Histórico de úlcera péptica. Pode causar uma reativação da úlcera. Em caso de úlcera ativa, recomenda-se evitar a administração (ver Contraindicações).

PRECAUÇÕES RELACIONADAS COM EXCIPIENTES

- Este medicamento contém o amarelo laranja S como um excipiente. Pode causar reações alérgicas, incluindo [ASMA], especialmente em pacientes com [ALERGIA SALICILATOS].

REAÇÕES ADVERSAS

As reações adversas descritas são:

- Digestivos. [HIPERACIDEZ GÁSTRICA] e fenômenos anticolinergic como [NÁUSEAS], [VOMITOS], [SECURA BUCAL], [DIARREA] e [ESTRESSE] podem ocorrer. O mais raro é o aparecimento de [ANOREXIA] ou [ULCER GÁSTRICO] ou [ULCER DUODENAL].

- Neurológico/psicológico. Podem ocorrer casos de [SOMNOLENCIA], [NERVIOSISMO], [INSOMNIO] ou [CEFALEA].

Genitourinarias. [RETENÇÃO URINÁRIA].

- Alérgico/Dermatológico. RARAMENTE [REAÇÕES DE HIPERSENSIBILIDADE], COM [URTICÁRIA], [ERUPÇÕES EXANTEMÁTICAS], [ANGIOEDEMA], [DISNEA], [ESPASMO BRONQUIAL] E [REAÇÕES DE FOTOSSENSIBILIDADE].

Oftalmológico. [MIDRIASIS], [VISÃO TURVA], [HIPERTENSÃO OCULAR].

- Sangue. [ANEMIA], [HEMOLITICA ANEMIA], especialmente em pacientes com deficiência de glicose-6-fosfato-desidrogenase, [LEUCOPENIA] e/ou [TROMBOCITOPENIA].

REAÇÕES ADVERSAS RELACIONADAS AOS EXCIPIENTES

- Conter amarelo laranja (E-110) pode causar [REAÇÕES HIPERSENSIBILIDADE].

OVERDOSE

Sintomas: Os principais sintomas associados à overdose por este medicamento são devido à aspirina. Náuseas e vômitos, diarreia, dor abdominal, dor de cabeça, surdez e bipes nas orelhas, visão turva, hipertermia, convulsões, hiperventilação com alcalose respiratória e acidose metabólica podem ocorrer. Nos casos mais graves pode ocorrer delírio, depressão respiratória, colapso e coma. Além dos sintomas de overdose de salicilato, podem ocorrer sintomas de overdose de clorofenamina (sedação profunda, sintomas anticolinergic). Tratamento: Não há antídoto disponível em caso de envenenamento por salicilato. Recomenda-se proceder com as medidas habituais de descarte, com lavagem estomacal e administração de carvão vegetal ativo dentro de 2 horas. Antes de 30 minutos de ingestão, pode-se adicionar xarope de ipecacuana. Se a absorção já ocorreu, recomenda-se monitorar os níveis de salicilato, equilíbrio ácido-básico e equilíbrio eletrólito. Recomenda-se hidratar o paciente corretamente, para o qual uma infusão de 5% de dextrose será adicionada em soro salino. Em caso de desequilíbrio ácido-básico, o bicarbonato será administrado e a ventilação mecânica mantida. As convulsões serão tratadas com diazepam, e possível hipoprotrombinemia com vitamina K.La diurese forçada, com alcalinização da urina, é muito eficaz na promoção da eliminação da AAS.

Drogas
Adultos
tratamento
garganta
2 Itens

Também poderá gostar

9,68 € 10,75 €
Frenadol forte é um medicamento anti-gripe que reduz a febre, alivia os efeitos da gripe e resfriados, melhora os problemas estomacais,alivia a tosse e alivia a dor em geral. Ideal para tratar gripes, resfriadose outros processos de desconforto geral.
  • Expedições para Espanha e Portugal Continental.
  • Frete expresso e entrega em 2-3 dias.
  • Retire na loja imediatamente.
  • Portes grátis, a partir de 30 euros.
  • Recolha gratuita na loja.
  • Milhares de ofertas e códigos de cupom.
  • Site criptografado e pagamento seguro.
  • Garantias de cancelamento, troca, devolução ...
  • Preços muito competitivos.
  • Atendimento ao cliente profissional.
  • Tudo em farmácia e parafarmácia.
  • Garantia da farmácia, sem contrafacções ou produtos de má qualidade.
Producto añadido a la Lista de Deseos
Producto añadido a Comparar

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies, y la aceptación de nuestra Política de Cookies. Pinche en el enlace para mayor información.