• -10%
  • -10%
COULDINE COM IBUPROFEN 400 mg/2...

COULDINE COM IBUPROFEN 400 mg/2 mg/7,5 mgs 20 COMPRIMIDOS Efervescentes

715140
10,26 € 11,40 € -10%
Com IVA

AÇÃO E MECANISMO

- Anti-gripe.

* Ibuprofeno: Anti-inflamatório não esteroide (NSAIDs), com propriedades analgésicas e antitérmicas, que funciona prevenindo a síntese de prostaglandinas, por inibição competitiva e reversível dos vários isoforms ciclooxygenase (COX), tanto periféricamente quanto no sistema nervoso central. Os efeitos analgésicos e anti-inflamatórios estão relacionados à inibição da síntese de prostaglandina (PG). A ação antitérmica está relacionada à inibição da síntese PGE2.

* Clorofenamina: Anti-histamínico H1 e anticolinergic. Reduz sintomas catarais como espirro, rasgo ou rinorreia.

* Fenilefrina: agonista adrenérgico alfa-1. Produz vasoconstrição, reduzindo o congestão nasal.



CONTRA-INDICAÇÕES

- Hipersensibilidade ao ibuprofeno, clorofenamina ou fenilefrina ou qualquer outro componente do medicamento.

- Devido a uma possível reação translérgica de ibuprofeno com ácido acetilsalico ou outros NSAIDs, este medicamento não deve ser administrado em caso de [ALERGIA SALICILATOS] ou [ALERGIA A NSAIDs]. Essas reações alérgicas são especialmente comuns em pacientes asmáticos, pólipos nasais ou que experimentaram rinite, angioedema ou urticária ao receber outro NSAID ou salicilatos.

- [PEPTICA ULCERA] doença intestinal ativa ou recaída ativa ou qualquer outro processo que aumente o risco de [HEMORRAGIA GASTROINTESTINAL]. Ibuprofeno tem efeitos ulcerogênicos devido à inibição da síntese de prostaglandina, por isso pode aumentar o risco de hemorragia digestiva e perfuração.

- Comprometimento renal grave (CLcr < 30 ml/min). A segurança e a eficácia não foram avaliadas, por isso é aconselhável não usar.

- Deficiência hepática grave (Criança-Pugh classe C). A segurança e a eficácia não foram avaliadas, por isso é aconselhável não usar.

- Insuficiência cardíaca grave (classe NYHA III-IV) ou hipertensão descontrolada. A retenção de fluidos pode piorar essas patologias.

- Doenças cardiovasculares graves (como doença cardíaca coronariana, angina).

- Taquicardia.

- [ALTERAÇÕES DE COAGULAÇÃO]. Ibuprofeno tem efeitos antiplaquetas, embora menos potentes e duradouros do que os da aspirina. Portanto, pode aumentar o tempo de sangramento, por isso deve ser usado com cautela em pacientes com [DIATESE HEMORRÁGICA] ou ativo [HEMORRAGIA].

- [HIPERTIREOIDISMO], [HIPERTENSÃO ARTERIAL]. Porque fenilefrina contém há risco de crise hipertensiva.

- Diabetes Mellitus.

- Pacientes tratados com IMAO nas duas semanas anteriores (ver Interações, fenilefrina).

- Pacientes que recebem medicamentos simpáticos, com beta-bloqueadores (ver Interações).

- Uso concomitante com NSAIDs, incluindo inibidores específicos de ciclooxingase-2 (ver Interações).

- [GLAUCOMA]. O efeito midrítico anticolinergic da cloroenamina pode aumentar a pressão intraocular.

- Gravidez. O uso de ibuprofeno é contraindicado durante o terceiro trimestre de gravidez, não sendo aconselhado a usá-lo por longos períodos de tempo nos dois primeiros trimestres.

- Adolescentes e crianças menores de 12 anos.



TRAJETO

- [RESFRIADO COMUM], [GRIPE]. Alívio dos sintomas nos processos catarral e influenza que ocorrem com febre, dor leve ou moderada, congestão e descarga nasal, para adultos e crianças a partir de 12 anos de idade.



INTERAÇÕES

Interações devido ao ibuprofeno:



REGRAS PARA A ADMINISTRAÇÃO ADEQUADA

- Administração oral.

- Dissolva a tábua com um pouco de líquido, de preferência em meio copo de água e espere até que a borbulhante ou efervescência cesse. Pode ser sacudido com uma colher para dissolução mais rápida. Restos esbranquiçados presos ao vidro podem permanecer; recomenda-se despejar um pouco de água de volta no shake de vidro para dissolver tudo e, em seguida, tomá-lo.

Administração com alimentos: recomenda-se tomar o medicamento com refeições ou leite, especialmente se o desconforto digestivo for notado.

Bebidas alcoólicas não devem ser tomadas durante o tratamento com este medicamento.



DOSAGEM

oralmente:

- Adultos e crianças a partir de 12 anos: 1 comprimido/8-12 h. Dose máxima: 3 comprimidos (1.200 mg de ibuprofeno)/24 h.

Reações adversas podem ser minimizadas usando a dose mínima efetiva pelo menor tempo necessário para controlar os sintomas.

- Crianças < 12 anos: não recomendado.

- Idosos: podem necessitar de doses mais baixas (ver Precauções).

Posologia em situações especiais:

- Insuficiência cardíaca:

Leva a insuficiência cardíaca moderada: reduza a dose, utilizando a dose mínima possível de ibuprofeno com cautela.

Insuficiência cardíaca grave (nyha classe IV): o uso de ibuprofeno é contraindicado.

Duração do tratamento: Se a febre persistir mais de 3 dias de tratamento, dor ou outros sintomas por mais de 5 dias, ou o paciente piorar ou outros sintomas aparecerem, a situação clínica deve ser avaliada. A administração do medicamento está sujeita ao aparecimento de sintomas. À medida que desaparecem, deve ser suspenso.



POSOLOGIA EM INSUFICIÊNCIA HEPÁTICA

- Comprometimento hepático leve a moderado (Criança-Pugh classes A e B): reduzir a dose, utilizando a dose mínima possível de ibuprofeno com cautela.

- Deficiência hepática grave (Criança-Pugh classe C): o uso de ibuprofeno é contraindicado.



POSOLOGIA EM INSUFICIÊNCIA RENAL

- Comprometimento renal leve a moderado (CLcr 30-90 ml/min): reduzir a dose, utilizando a dose mínima possível de ibuprofeno com cautela.

- Comprometimento renal grave (CLcr < 30 ml/min): o uso de ibuprofeno é contraindicado.



PRECAUÇÕES

- Efeitos cardiovasculares. Estudos clínicos sugerem que o uso de ibuprofeno, particularmente em uma dose elevada ( s/> 2.400 mg/24 h) pode estar associado a um pequeno aumento no risco de eventos trombóticos arteriais (por exemplo, infarto do miocárdio ou derrame). Em geral, estudos epidemiológicos não sugerem que a dose baixa de ibuprofeno (Pacientes com pressão alta descontrolada, [INSUFICIÊNCIA CARDÍACA] congestiva (NYHA II-III), estabelecida [CARDIOPATIA ISQUEMICA], [ARTERIOPATIA PERIFERICA] e/ou doença cerebrovascular ([ICTUS] ou [ISCHEMIA CEREBRAL]) só deve ser tratada com ibuprofeno após cuidadosa consideração e altas doses devem ser evitadas (A/> 2.400 mg/24 h).

Uma avaliação cuidadosa também deve ser realizada antes de iniciar o tratamento de longo prazo de pacientes com fatores de risco cardiovasculares: [HIPERTENSÃO ARTERIAL], [DISLIPEMIA], [DIABETES], [TABAQUISMO], especialmente se forem necessárias altas doses de ibuprofeno (A/> 2.400 mg/24 h).

Para evitar o aparecimento de problemas cardiovasculares, a dose máxima de 1.200 mg/24 h de ibuprofeno não deve ser excedida.

- Efeitos gastrointestinais. Em pacientes em risco ou que tenham han alterações gastrointestinais devido ao uso de NSAIDs, o ibuprofeno deve ser administrado com cautela e sob o controle do médico; ele han dadas imagens de úlceras grastroduodenais, bem como sangramento e casos de perfuração que poderiam ser fatais. O risco de ulceração é aumentado em tratamentos em altas doses ou por longos períodos de tempo, pacientes com histórico de úlcera péptica, especialmente se já tiveram sangramento ou perfuração gastrointestinal, bem como em idosos.

Como regra geral, é aconselhável administrar quaisquer NSAIDs com alimentos, para reduzir os danos gástricos. Além disso, em grupos de risco é aconselhável iniciar o tratamento com a dose mínima possível, e associar sempre que possível uma droga anti-histamína (anti-histamínicos H2 ou inibidores da bomba).

Aqueles que estão sendo tratados com drogas que possam promover sangramento, como anticoagulantes orais ou agentes antiplaquelet, devem ser monitorados de perto.

Se ocorrerem sintomas de úlcera ativa ou sangramento digestivo, o tratamento será interrompido. Da mesma forma, o tratamento de ibuprofeno não deve ser iniciado em pessoas com úlcera péptica ativa (ver Contraindicações).

- Crônica [ASMA]. Nesses pacientes, reações de hipersensibilidade com broncoespasmo são especialmente comuns, por isso são recomendadas precauções extremas. Se for observada a piora da função respiratória, o ibuprofeno será descontinuado.

- [INSUFICIÊNCIA RENAL]. A eliminação do ibuprofeno pode ser reduzida em caso de insuficiência renal, com risco de envenenamento. Além disso, pode levar à diminuição do fluxo sanguíneo renal com insuficiência renal aguda reversível, e casos han de síndrome nefrótica e nefrite intersticer aguda com tratamentos prolongados são relatados. Em pacientes com comprometimento leve a moderado (CLcr entre 30-90 ml/min) recomenda-se iniciar o tratamento em uma dose menor do que pacientes com funcionalidade renal normal, monitorando cuidadosamente o paciente. O uso em insuficiência grave (CLcr < 30 ml/min) é contraindicado (ver Contraindicações).

- [INSUFICIÊNCIA HEPÁTICA]. Devido ao seu metabolismo hepático, o acúmulo e o envenenamento podem ocorrer em caso de comprometimento hepático. Em pacientes com comprometimento leve a moderado (Criança-Pugh classe A ou B) recomenda-se iniciar o tratamento em uma dose menor do que pacientes com função hepática normal, monitorando cuidadosamente o paciente. O uso em insuficiência grave (Child-Pugh Classe C) é contraindicado (ver Contraindicações).

- [DOENÇA INFLAMATÓRIA INTESTINAL]. Os NSAIDs podem precipitar convulsões sintomáticas de doenças como a doença de Crohn ou colite ulcerativa, por isso é aconselhável usá-la com cautela, e evitar seu uso em caso de doenças ativas (ver Contraindicações).

- [MENINGITE ASEPTICA]. Raras han meningite asséptica tem sido relatada em pacientes tratados com NSAIDs, provavelmente devido a uma reação de hipersensibilidade, embora nenhuma alergia cruzada tenha sido encontrada entre os NSAIDs. Tem sido mais comum em pacientes com [LUPUS ERITEMATOSO SISTEMICO] e outros [COLAGENOSIS], embora também tenha sido relatado em alguns pacientes que não tinham essas patologias. Em pacientes tratados com NSAIDs que desenvolvem sintomas de meningite, deve-se considerar a possibilidade de meningite asséptica.

- Devido ao risco de depressão do CNS, o paciente deve ser alertado para evitar o consumo de bebidas alcoólicas ou a ingestão de depressores de CNS (barbitúricos ou tranquilizantes) em conjunto com o medicamento.

- Pode produzir sensibilidade cruzada: Pacientes sensíveis a um anti-histamínico podem ser sensíveis a outros anti-histamínicos.

- Pacientes com patologias que podem ser agravadas por efeitos anticolinergic ou simpáticos, como [ESTRESSE], [OBSTRUÇÃO INTESTINAL], [HÉRNIA HIATO], [DOENÇA DE REFLUXO GASTROESOFAGICAL], ESTENOSANT [ULCERA PÉPLICA], [COLITE ULCERATIVA], INSUFICIÊNCIA CARDÍACA, [ATEROSCLEROSE], arteriopatia periférica, [ANEURISMA], [HIPERPLASIA PROTÁTICA] OU OUTRAS CAUSAS DE [RETENÇÃO URINÁRIA].

- Situações que poderiam elevar a temperatura corporal. Drogas anticolinergic podem interferir na capacidade termoreguladora do corpo, de modo que podem promover insolação em pacientes expostos ao calor extremo, especialmente os idosos, que realizam exercícios físicos intensos com roupas ou horas inadequadas, ou em tratamento com drogas como diuréticos ou outros que favorecem [DESIDRATAÇÃO].

- Testes de pele de hipersensibilidade a extratos alergênicos. Devido aos seus efeitos anti-histamínicos, eles poderiam dar falsos negativos em testes diagnósticos usando esses extratos. Recomenda-se que você pare a administração pelo menos 72 horas antes de fazer o teste.

- Pacientes que recebem antidepressivos tricíclicos ou maprotilline ou outros medicamentos com ação anticolinergic com clorofenamina devem comunicar o mais rápido possível, se os tiverem, a ocorrência de problemas gastrointestinais, pois pode ocorrer íleo paralítico.



PRECAUÇÕES RELACIONADAS COM EXCIPIENTES

- Este medicamento contém aspartame como um excipiente, por isso deve ser levado em conta pelos afetados por [FENILCETONURIA]. 100 mg de aspartame corresponde a 56,13 mg de fenilalanina.


tratamento
Congestão nasal
Febre
dor de cabeça
ALTER
33 Itens

Também poderá gostar

  • Expedições para Espanha e Portugal Continental.
  • Frete expresso e entrega em 2-3 dias.
  • Retire na loja imediatamente.
  • Portes grátis, a partir de 30 euros.
  • Recolha gratuita na loja.
  • Milhares de ofertas e códigos de cupom.
  • Site criptografado e pagamento seguro.
  • Garantias de cancelamento, troca, devolução ...
  • Preços muito competitivos.
  • Atendimento ao cliente profissional.
  • Tudo em farmácia e parafarmácia.
  • Garantia da farmácia, sem contrafacções ou produtos de má qualidade.
Producto añadido a la Lista de Deseos
Producto añadido a Comparar

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies, y la aceptación de nuestra Política de Cookies. Pinche en el enlace para mayor información.