• -10%
  • -10%
BIACODYLE DULCOLAX 5 MG 30...

BIACODYLE DULCOLAX 5 MG 30 COMPRIMIDOS RESISTENTES AO GASTRO

748483
7,63 € 8,48 € -10%
Com IVA

AÇÃO E MECANISMO

- Laxante. Bisacodyl é um laxante do tipo estimulante, derivado do difenilmetano. Ele funciona estimulando o peristalismo do cólon, pela ação direta sobre a mucosa ou sobre os plexos mientericos de Auerbach. Produz um acúmulo de fluidos e eletrólitos no lúmen intestinal. A ação começa às 6-10 horas, oralmente, ou 15-60 minutos, retificamente.



AVISOS ESPECIAIS

- Faça um diagnóstico diferencial em pacientes com suspeita de obstrução intestinal.

- Antes de iniciar o tratamento, o paciente deve estar devidamente hidratado e seus níveis de eletrólitos estar normal. O tratamento não deve ser iniciado se esses níveis forem alterados.

- Em pacientes idosos ou enfraquecidos, recomenda-se o monitoramento regular dos níveis de eletrólitos.



IDOSO

Estimulantes do peristatismo podem exacerbar fraqueza, descoordenação e hipotensão ortostática em pacientes geriátricos, como resultado de alta perda de eletrólitos, quando usados repetidamente.



CONSELHO PARA O PACIENTE

- Antes de iniciar o tratamento para prisão de ventre, os hábitos de vida devem ser alterados. Recomenda-se a ingestão diária adequada de fluidos e fibras, responda rapidamente ao estímulo da defecação e realize exercícios físicos.

- Este medicamento não deve ser usado por pacientes com obstruções intestinais.

- O uso contínuo pode causar habitação.

- Se, após 1 semana de uso, a prisão de ventre não melhorar, persistir ou piorar, o médico ou farmacêutico deve ser consultado.

- Consulte seu médico e/ou farmacêutico se a prisão de ventre piorar, ou se aparecerem sintomas como náusea ou vômito, inchaço abdominal ou febre.



CONTRA-INDICAÇÕES

- Hipersensibilidade a qualquer componente do medicamento.

- Situações que poderiam ser agravadas pelo efeito laxante, como [OBSTRUÇÃO INTESTINAL], [PERFURAÇÃO INTESTINAL], crônica [DOENÇA INFLAMATÓRIA INTESTINAL], [APENDICITE] ou [MEGACOLON TOXICO]. Logicamente, não deve ser usado em pacientes com [DIARREA].

- [HEMORRAGIA DIGESTIVA]. O bisacodyle não deve ser administrado em pacientes com sangramento digestivo devido aos seus efeitos irritantes da mucosa intestinal.



GRAVIDEZ

Segurança animal: não há dados disponíveis.

Segurança em humanos: não há dados suficientes sobre o uso de bisacodyle em gestantes. Os possíveis efeitos do bisacodyle no feto são desconhecidos, por isso o bisacodyle não deve ser administrado durante a gravidez, exceto quando o médico estima que os benefícios superam os riscos potenciais, pois o bisacodyle é absorvido em pequenas quantidades.

Efeitos sobre a fertilidade :nenhum han humano específico foi realizado.



FARMACOCINÉTICA

oralmente:

É um prodrug que é metabolizado no cólon pela ação da flora bacteriana, dando origem ao metabólito ativo, bis-(para-hidroxifenil)-2-piridilmetano.

- Absorção. É absorvido em uma quantidade muito pequena.

Alimentos: O leite pode aumentar a absorção de bisacodyle, por isso é recomendado distanciar a ingestão de leite e bisacodyle por pelo menos duas horas.

- Metabolismo. A parte absorvida é metabolizada no fígado por reações conjugais.

- Excreção. O bisacodyle não absorvido é excretado com fezes, enquanto a pequena fração absorvida é removida pela urina.



TRAJETO

- Tratamento sintomático do ocasional [ESTRESSE] .



INTERAÇÕES

- Digoxina. O uso prolongado de laxantes pode levar a um esgotamento dos níveis de potássio, aumentando a toxicidade da digoxina. Recomenda-se monitorar os níveis de eletrólitos em pacientes que recebem digoxina.



ENFERMAGEM

Nem a fração ativa de bisacodyl (bis-(p-hidroxifenil)- piridil-2-metano) nem seus glúcuronides são excretados no leite humano. Uso aceito durante a lactação.



CRIANÇAS

Como regra geral, os laxantes não são recomendados para uso em crianças menores de 6 anos de idade, pois geralmente não são capazes de descrever com precisão seus sintomas. O diagnóstico adequado deve ser feito antes de usar um laxante, pois pode mascarar imagens mais graves. O uso de tablets em mais de 2 anos é aprovado em ficha técnica.



REGRAS PARA A ADMINISTRAÇÃO ADEQUADA

Os comprimidos devem ser dados inteiros, sem mastigar, à noite, com um pouco de líquido que não seja leite (ver Interações). Eles não devem ser tomados com produtos redutores de acidez, como leite, antiácidos ou inibidores da bomba de prótons, de modo que a cobertura entárica não seja dissolvida prematuramente.



DOSAGEM

"ADMINISTRAÇÃO ORAL":

- Adultos: 5-10 mg/24 horas.

- Crianças:

* Crianças > 10 anos: 5-10 mg/24 horas.

* Crianças de 2 a 10 anos: 5 mg/24 horas.

* Crianças < 2 anos: contraindicados.



PRECAUÇÕES

- Sintomas de obstrução intestinal. Antes de iniciar o tratamento com laxante, recomenda-se fazer um diagnóstico diferencial de obstrução intestinal em pacientes com sintomas como [NÁUSEAS], [VOMITOS] ou [DOR ABDOMINAL] de origem desconhecida, ou [DISTENSÃO ABDOMINAL].

- [DESEQUILÍBRIO HIDROELETRICOLÍTICO]. O uso de laxantes por longos períodos de tempo pode levar a fenômenos de desequilíbrio eletrólitos. Os pacientes devem estar devidamente hidratados e seus níveis de eletrólitos normais antes de iniciar o tratamento com um laxante.

- Dependência. O uso contínuo de laxantes pode levar à dependência, pois podem levar a desequilíbrios eletrólitos que resultam em expiação intestinal.

- Tontura/síncope: tontura e/ou síncope são han descritas, parece atribuível ao inchaço causado pelas fezes ou como resposta vasovagal à dor abdominal relacionada à prisão de ventre e não necessariamente à administração do bisacodyl em si.



PRECAUÇÕES RELACIONADAS COM EXCIPIENTES

Este medicamento contém lactose. Pacientes com hereditário ou gactose [INTOLERÂNCIA LACTOSE], insuficiência de lactase lapp ou glicose ou má absorção de galctose não devem tomar este medicamento.



REAÇÕES ADVERSAS

Os efeitos colaterais do bisacodyle são geralmente leves e transitórios. As reações adversas mais características são:

- Digestivos. Após o uso contínuo, pode aparecer [DOR ABDOMINAL] e [DISTENSÃO ABDOMINAL]. As formas retais também podem causar irritação, dor e sangramento da mucosa retal, e em casos mais graves, [PROCTITIS].

A hematochecia (evacuação sangrenta de fezes) foi observada e geralmente é leve e espontaneamente subsidiada.

- Alérgica/dermatológica: A presença de [ERUPÇÕES EXANTEMÁTICAS] e reações de hipersensibilidade, incluindo [ANGIOEDEMA] e [ANAFILAXIA] é muito rara.

- Metabolismo e nutrição: [DESIDRATAÇÃO].



REAÇÕES ADVERSAS RELACIONADAS AOS EXCIPIENTES

- Este medicamento contém lactose, que pode apresentar proteínas do leite. Pode causar [REAÇÕES HIPERSENSIBILIDADE] em pessoas com alergia à proteína do leite de uma vaca.



OVERDOSE

Sintomas: Após a administração excessiva, pode aparecer um quadro caracterizado por espasmos gastrointestinais, depoimentos mucosos e diarreia e perda de potássio e outros eletrólitos.

Tratamento: O laxante deve ser descontinuado. Será instituído tratamento solidário, com reidratação do paciente com soro salino e administração de sais minerais, se necessário. Antiespasmódicos podem ser dados para remover espasmos intestinais.


28 Itens

Também poderá gostar

Clientes que compraram este produto também compraram:

  • Expedições para Espanha e Portugal Continental.
  • Frete expresso e entrega em 2-3 dias.
  • Retire na loja imediatamente.
  • Portes grátis, a partir de 30 euros.
  • Recolha gratuita na loja.
  • Milhares de ofertas e códigos de cupom.
  • Site criptografado e pagamento seguro.
  • Garantias de cancelamento, troca, devolução ...
  • Preços muito competitivos.
  • Atendimento ao cliente profissional.
  • Tudo em farmácia e parafarmácia.
  • Garantia da farmácia, sem contrafacções ou produtos de má qualidade.
Producto añadido a la Lista de Deseos
Producto añadido a Comparar

Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies, y la aceptación de nuestra Política de Cookies. Pinche en el enlace para mayor información.